LASERTERAPIA

Laserterapia ou fototerapia de baixa intensidade é um tratamento alternativo 
não invasivo
que estimula a circulação, 
promovendo regeneração dos tecidos como fibra nervosa, ossos e todos os tecidos moles. trazendo um rejuvenescimento aos tecidos.

 

O tratamento do laser é local 
e indolor e a duração e número 
de sessões depende de cada tratamento.

Casos e efeitos que o laser atua

Cirurgia -

A laserterapia ameniza e/ou previne todas as intercorrências comuns no pós-operatório relacionado às cirurgias plásticas. Dentre elas, o previsível processo inflamatório e o prematuro restabelecimento do equilíbrio das regiões agredidas.

Dores -

A laserterapia tem resultados muito satisfatório no tratamento de algias crônicas e agudas.

Drenagem linfática -

A laserterapia além de proporcionar os benefícios da drenagem manual, ao irradiar o corpo, reduz o edema e restabelece a saúde das células

 

Cicatrizes -

A laserterapia trabalha no reparo das incisões cirúrgicas e a melhora é  visível. O excelente aspecto estético é uma herança incondicional desta terapia. Fatos notoriamente observados nos casos de queimaduras.

Enxaqueca -

O tratamento da enxaqueca tensional tem ótimo e prolongado resultado com a laserterapia, considerando seu poder relaxante, antiinflamatório, analgésico e fotomodelador celular.

Sinusites e Rinites -

A laserterapia tem demonstrado eficácia  também em sinusites agudas e crônicas, rinites, sob três efeitos terapêuticos do laser, o antiinflamatório, o fotobiomodulador e o imunológico.

Feridas -

A laserterpia tem ganhado um espaço considerável no tratamento das feridas em pés diabéticos. Esta terapia resolve casos de feridas indolentes que persistem há anos não respondendo aos tratamentos convencionais.

IILIB

O ILIB é uma nova prática clínica desta terapia. De origem russa seus benefícios são alcançados quando se irradia um vaso sanguíneo por uma hora. 

Casos e efeitos que o laser atua

Diabetes -

restabelece todos os tecidos que sofrem com o diabetes de forma preventiva e curativa.

Neuropatias -

Paralisias faciais, derrames, dormências e muitas outras doenças neurológicas tem indicação para tratamento coadjuvante com a laserterapia.

Foto Rejuvenescimento -

O raio laser na dose certa induz a formação de fibras colágenas da pele, conjuntamente à ativação de sua melhor fisiologia, resultando em uma pele jovem e saudável. É sensível a melhora de sua elasticidade, brilho e tenacidade.

Menopausa -

Ondas de calor (fogacho)

Cicatrização umbilical do rn - cicatrização 

Complicações radioterápicas - Regeneração das células e tecidos envolvidos, dor, etc.

Dores pélvica, vaginal, lombalgia -

o laser trabalha na liberação local e sistêmica de endorfinas. Promove o relaxamento muscular e restabelece a homeostase de todos os processos fisiológicos envolvidos.

Processos alérgicos -

A ILIB se mostra muito eficiente nos processos alérgicos, tanto para os de manifestação nas vias aéreas como dermatológicos.

​© Awaking Connection